domingo, 5 de março de 2017

Lado A Discos entrevista Lari Basilio.


1 - Quando você percebeu que era uma virtuose na guitarra? 
Não acho que sou virtuose (risos). Apenas me considero uma pessoa muito feliz em poder fazer o que gosto. As horas de dedicação na guitarra sempre foram por prazer, então penso que o resto é apenas consequência disso.


2 - E os guitarristas que te influenciaram, dá pra citar alguns? 
Sim. Posso destacar Andy Timmons, John Mayer, Juninho Afram, Edu Ardanuy e
Richie Kotzen.


3 - O que me chamou a atenção é a sua facilidade com as escalas e alguns acordes diferentes (principalmente na música Revolution), você baixou a afinação da 6ª corda (MI) para Ré não foi? Você mexe bastante na afinação? E a construção desses acordes como elas são feitas? Ou é mais ou menos no feeling e depois você vê que acordes são? 
Sim, uso nessa musica a afinação Drop D. Essa afinação é uma das minhas prediletas, gosto de mexer bastante na afinação, principalmente da 6ª corda (MI). A construção desses acordes varia, depende do momento. Às vezes é no feeling e há momentos que eu penso em cada nota.


4 - Você está morando nos EUA? Como estão as coisas e o que você anda fazendo por aí? 
No momento estou aqui nos EUA sim. Isso já fazia parte do planejamento da minha carreira para expandir o meu trabalho fora do Brasil. Pretendo passar um tempo aqui trabalhando nisso, mas com certeza estarei de volta ao Brasil em tempos específicos para atender a agenda com o público do meu país.


5 - Lari fique a vontade para as últimas considerações, contatos, agenda e o que mais achar necessário.
Quero agradecer a Lado A pelo contato.
Obrigado a todos que acompanham minha carreira.
Para maiores informações e contato podem acessar o meu site www.laribasilio.com, lá vocês encontrarão todas as informações.
Fiquem com Deus!

Veja abaixo a Lari em um trecho de uma das suas músicas mais belas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário